A Importância do Pensamento Estratégico em Tecnologia da Informação

No nosso dia-a-dia deparamos com vários gerentes e diretores afirmando que sua estrutura de TI não suporta adequadamente o negócio, ou não será capaz de suportá-lo nos próximos anos. E cerca de metade delas não tem nenhuma estratégia em andamento para resolver o problema. Isso representa grandes limitações na capacidade de crescimento e de competitividade da empresa.

Um dos pontos fundamentais é a comunicação entre a liderança da empresa e a pessoa encarregada das funções ligadas à TI –um gerente de TI, ou quem quer que seja. Muitas dessas empresas lutam para manter uma boa performance da infraestrutura, e por vezes isso poderia ser mais fácil de se conseguir.

Ao conversar com gestores das empresas, percebemos que as necessidades das organizações no que se refere a TI estão, de um lado, em garantir o crescimento do negócio, e de outro otimizar processos para reduzir custos.  Uma estratégia em TI bem elaborada vai garantir os dois. Para isso é preciso contar com serviços que compreendam o funcionamento da empresa, e obtenham a visão do negócio.

Onde se concentram os maiores investimentos dessas empresas? Em infraestrutura, atualizações e melhorias, computação em nuvem, adequação a dispositivos móveis, e-commerce e ERP.

No nosso entendimento, o planejamento estratégico de TI deve abarcar o empreendimento como um todo, mas também pode ser desenvolvida em áreas funcionais específicas. Mas é preciso começar em algum lugar, como financeiro, no RH, operações, vendas ou marketing.

Para que serve o planejamento estratégico?

As estratégias mais bem sucedidas são aquelas elaboradas para amparar as funções do negócio, ao invés de requerimentos detalhados do sistema. É mais importante focar no que precisa ser feito do que como precisa ser feito.

Sendo mais específico, no que a estratégia de TI deve ajudar a empresa?

  1.  Atender às necessidades dos clientes
  2.  Simplificar ou automatizar processos empresariais
  3.  Alinhar-se com normativas técnicas, bem como registros e relatórios necessários
  4.  Garantir continuidade e acessibilidade de sistemas e processos
  5.  Garantir segurança e controle de ameaças
  6.  Recrutar terceiros pelas suas competências, capacidades e escalabilidade, para que a empresa possa focar nas suas próprias competências. Isto pode incluir os próprios serviços de TI.

A Utilidade de Uma Consultoria

Ainda sobre terceiros, empresas estão desenvolvendo estratégias que se beneficiam de assistência externa. Contar com uma consultoria para o desenvolvimento e/ou implementação de estratégia de TI tem vantagens como:

  • Ter visão e opiniões imparciais, não sujeitas a políticas internas ou interesses individuais.
  • Trazer uma perspectiva formada pela experiência no desenvolvimento de estratégias de TI para organizações semelhantes
  • Acelerar processos da estratégia dando o foco correto e reduzindo muito o tempo de implementação.

Independentemente do tamanho da empresa, é fundamental a elaboração de uma estratégia bem fundamentada, essa é a moral da história.  Isto não apenas justificará os investimentos em tecnologia – que os gestores devem aprovar – como permitirá estratégias de negócios maiores a mais ambiciosos para o empreendimento.

Fale com a Adapsat para saber mais sobre planejamento estratégico na área de TI focada no sucesso do negócio. Nosso time está à disposição para um diagnóstico preciso da sua infraestrutura.

Comentários

Posts Recentes